Pular para o conteúdo principal Pular para o rodapé

Melhores jogos de crossplay em 2024

Sua fonte confiável de compatibilidade de jogo cruzado. Nossa equipe dedicada compila informações de diversas fontes e feedback de jogadores para mantê-lo informado sobre os recursos atuais de crossplay dos seus jogos favoritos. Não importa se você está curioso para saber quais títulos suportam jogos entre plataformas ou se deseja saber se a sua comunidade de jogos preferida está interconectada, nosso banco de dados de suporte a jogos cruzados tem tudo o que você precisa.

Entendendo o Cross Play em videogames: Um Guia Essencial para Jogadores

Já imaginou a emoção de se juntar a um amigo jogando no Xbox enquanto você está no console PlayStation para uma ação multijogador intensa? Ou se conectar com seus amigos em todas as plataformas para um confronto épico no Fortnite? Se esse tipo de ação de jogo coletivo empolgante lhe agrada, então você está prestes a mergulhar no fantástico mundo do Cross-play. Nesta era digital, o setor de jogos está inovando incessantemente, e o surgimento do Cross-play é, sem dúvida, um divisor de águas. Vamos nos preparar e desvendar a magia do Cross-play, um recurso que permite que jogadores de diferentes plataformas se unam em busca da glória nos jogos!

Então, o que exatamente é esse jogo cruzado de que estamos falando? Em seu nível mais básico, o cross-play é um recurso que permite que os jogadores de videogame em diferentes plataformas, como PlayStation, Xbox e PC, joguem juntos on-line. Isso transcende as barreiras tradicionais dos ambientes multijogador exclusivos, em que os jogadores estavam restritos a participar do mesmo jogo com outros usuários no mesmo console ou plataforma de jogos.

Mais de 70% dos jogadores do Fortnite utilizam a funcionalidade de cross-play

É importante observar aqui que nem todos os jogos oferecem suporte ao cross-play. A decisão é essencialmente dos desenvolvedores e editores de jogos, caso queiram incluir esse recurso revolucionário. Jogos como Fortnite, Minecraft e Call of Duty: Warzone são exemplos populares que adotaram o cross-play.

Jogo cruzado é o mesmo que jogo entre plataformas?

Não exatamente, e as nuances podem parecer desconcertantes. Jogos entre plataformas e jogos entre plataformas, embora semelhantes entre si, têm funcionalidades sutilmente diferentes no mundo dos jogos. Vamos ajudá-lo a entender melhor.

Quando falamos de jogos entre plataformas, estamos nos referindo à capacidade de um videogame ser executado em várias plataformas ou sistemas operacionais. Por exemplo, você pode jogar a versão de um jogo como Fortnite ou Minecraft não apenas no PlayStation 4, mas também no PC, Nintendo Switch, M  ou até mesmo no seu dispositivo móvel. O software do jogo foi projetado de tal maneira que pode funcionar em todos esses sistemas diferentes.

Por outro lado, cross-play refere-se à capacidade de os jogadores que usam plataformas diferentes jogarem uns com os outros simultaneamente. É um recurso que efetivamente preenche a lacuna entre diferentes sistemas de jogos. Em termos mais simples: Se você estiver jogando Rocket League no seu PC e seu amigo estiver jogando no Xbox One - graças ao cross-play, vocês dois podem estar duelando na mesma sessão de jogo! 

Apesar de suas diferenças, tanto os jogos entre plataformas quanto os jogos entre plataformas têm um objetivo comum: criar experiências de jogos mais flexíveis, unificadas e inclusivas para jogadores de todos os lugares.

Entendendo o conceito: O que é Cross-Play em videogames?

Cada vez mais, os jogadores estão buscando maneiras de se conectar e competir com jogadores de diferentes sistemas de jogos. É aí que entra em cena o jogo cruzado, também conhecido como jogo entre plataformas. Essencialmente, o jogo cruzado rompe as barreiras tradicionais que, no passado, limitavam os jogos multijogador aos proprietários do mesmo console. A comunidade de jogos está se tornando mais interconectada do que nunca, graças a essa tecnologia inovadora.

O jogo cruzado rompeu as barreiras do setor de jogos, permitindo que os jogadores se conectem, compitam e cooperem com seus amigos, independentemente da plataforma de jogos que usem. Antes de nos aprofundarmos nas complexidades do cross-play, aqui está uma lista rápida dos principais fatos sobre essa tendência transformadora nos jogos: 

  • O jogo cruzado, também conhecido como jogo entre plataformas, permite que os jogadores que usam dispositivos de jogos diferentes - como PlayStation, Xbox, PC e Nintendo - joguem uns com os outros simultaneamente.
  • O uso do cross-play começou a ganhar força por volta de 2017, quando jogos populares como o Fortnite defenderam o recurso.
  • O jogo cruzado pode aumentar a longevidade de um jogo ao manter a população de jogadores alta em todos os sistemas, um fator vital para jogos multijogador.
  • Embora as vantagens sejam inúmeras, o desenvolvimento de jogos cruzados é um desafio devido às diferenças de hardware, software e serviços on-line entre as plataformas.
  • Nem todos os jogos oferecem suporte a cross-play. A compatibilidade varia de acordo com os recursos do desenvolvedor do jogo e as políticas dos proprietários da plataforma, como Sony, Microsoft e Nintendo.
  • O jogo cruzado promove uma comunidade de jogos maior e unificada, eliminando as barreiras entre os jogadores.
  • Em uma pesquisa, 68% dos jogadores disseram que gostariam que mais jogos suportassem o cross-play

Quais videogames populares suportam atualmente o cross-play?

O cross-play, ou jogo entre plataformas, é um recurso que permite que os jogadores joguem com outros, independentemente da plataforma que estejam usando. Atualmente, vários videogames populares oferecem suporte a esse recurso. Um dos mais notáveis é o "Fortnite", desenvolvido pela Epic Games. Esse jogo de battle royale oferece suporte a cross-play no PC, PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series X/S, Nintendo Switch e dispositivos móveis.

Outro jogo que suporta cross-play é o "Minecraft". Esse jogo sandbox da Mojang Studios permite que jogadores no PC, Xbox One, Nintendo Switch e dispositivos móveis interajam e joguem juntos. "Rocket League", um jogo de futebol veicular desenvolvido pela Psyonix, também é compatível com cross-play no PC, PS4, Xbox One e Nintendo Switch.

Vários outros jogos populares também suportam cross-play, incluindo "Paladins", "Smite" e "Realm Royale", todos desenvolvidos pela Hi-Rez Studios. Esses jogos suportam cross-play no PC, PS4, Xbox One e Nintendo Switch. "Dauntless", um jogo de caça a monstros da Phoenix Labs, também é compatível com cross-play nas mesmas plataformas.

Bastidores: como os desenvolvedores de jogos conseguem a compatibilidade entre jogos

Talvez você se pergunte como os desenvolvedores de jogos conseguem lidar com esse fenômeno. Estabelecer um sistema de jogo cross-play está longe de ser um passeio no parque. Tecnicamente, ele exige um alto nível de coesão, cooperação e habilidade técnica entre os desenvolvedores de plataformas diferentes. Vamos nos aprofundar nesse fascinante processo de bastidores.

Uma das etapas mais importantes para permitir o jogo cruzado é estabelecer um servidor comum. Esse é o lugar mágico onde todos os jogadores, independentemente de sua plataforma de jogo, se reúnem. É o ponto de encontro deles, o campo de batalha comum, por assim dizer. Os desenvolvedores precisam garantir que esses servidores possam lidar com jogadores de diferentes plataformas simultaneamente. Eles precisam ser dimensionáveis, confiáveis e seguros.

Outro aspecto importante é o código de rede. Os desenvolvedores de jogos precisam garantir que o jogo em todas as plataformas use códigos de rede idênticos. Uma maneira fácil de visualizar isso: pense nos códigos de rede como um idioma. Para que o jogo e os servidores se entendam e para que os jogadores interajam entre si, todos eles precisam falar o mesmo idioma. Portanto, independentemente da plataforma, o código deve estar alinhado.

E, é claro, não podemos desconsiderar o papel dos proprietários das plataformas. Eles desempenham um papel fundamental ao permitir ou não o cross-play em suas respectivas plataformas. Isso envolve negociação, cooperação entre várias empresas - que muitas vezes são concorrentes - e uma visão compartilhada de uma comunidade de jogos que transcende os limites da plataforma. 

O cross-play e a progressão cruzada são parte integrante da nossa visão para o futuro dos jogos: quebrar barreiras que podem impedir que amigos joguem juntos e permitir que você leve seu progresso e suas conquistas para onde quiser jogar
- Phil Spencer

Por último, mas não menos importante, está a tarefa de garantir o equilíbrio do jogo. Os desenvolvedores precisam garantir que nenhuma plataforma ofereça vantagens injustas aos seus usuários. Isso significa um ajuste cuidadoso dos controles, resoluções de tela, taxas de quadros e outros fatores para garantir um campo de batalha igual para todos.

Todos os videogames são compatíveis com o cross-play?

Não, nem todos eles. Embora o cross-play esteja indiscutivelmente em alta, é essencial saber que nem todos os desenvolvedores de jogos incorporam esse recurso em seus jogos.

Vários fatores precisam ser considerados ao integrar o cross-play. O design do jogo desempenha um papel importante. Embora alguns jogos possam ser facilmente adaptados para cross-play, outros podem enfrentar desafios. Por exemplo, jogos projetados com um controle específico em mente podem ser difíceis de adaptar para outras plataformas. Além disso, os jogos competitivos geralmente têm uma necessidade rigorosa de equilíbrio, que pode ser prejudicada se uma determinada plataforma oferecer uma vantagem sobre outra.

Outra barreira crítica para a implementação do cross-play é o aspecto comercial. As empresas de software, os fabricantes de console e até mesmo os editores de jogos podem ver o cross-play como um possível prejuízo para suas estratégias de marketing individuais. Dessa forma, elas podem relutar em adotar esse recurso. No entanto, esse ponto de vista está mudando devido à crescente demanda do consumidor pela funcionalidade cross-play nos jogos.

O cross-play afeta o desempenho do jogo?

Em geral, o cross-play não deve afetar negativamente o desempenho do seu videogame. Esse recurso depende mais dos servidores e da estabilidade da rede do que do seu dispositivo de jogo. Basicamente, ele reúne jogadores de vários dispositivos de jogos para uma experiência multijogador on-line, independentemente da plataforma escolhida. Portanto, não importa se você está no Xbox jogando com um amigo no PlayStation, o desempenho do seu jogo não deve ser afetado.

Como posso ativar ou desativar o cross-play em meus jogos?

Habilitar o cross-play em seus jogos é um processo bastante simples, mas varia um pouco dependendo da plataforma ou do próprio jogo. Em geral, as opções relacionadas a esse recurso podem ser encontradas no menu de configurações do jogo, especificamente nas opções de rede ou multijogador. Certifique-se de navegar cuidadosamente por essas configurações, pois a ativação geralmente é tão simples quanto marcar uma caixa ou ligar um botão.

Por outro lado, quando você deseja desativar o cross-play, o processo é praticamente o mesmo. Você só precisa acessar novamente o menu de configurações e localizar a configuração de cross-play. Dessa vez, você desmarcará a caixa ou desativará o botão. É tão fácil quanto isso! 

Mas lembre-se de que nem todos os jogos oferecem diretamente a opção de ativar ou desativar o cross-play. Por exemplo, no popular jogo Fortnite, a opção de ativar ou desativar o cross-play não está prontamente disponível. Em vez disso, a criação de partidas ocorre com base em suas configurações de entrada. Se você tiver uma entrada de controle externo ativa, será confrontado com outros jogadores que também usam controles, independentemente da plataforma.

É importante observar que a capacidade de ativar ou desativar o jogo cruzado pode ter implicações no tempo de criação de partidas. Em geral, a ativação do cross-play pode aumentar o grupo potencial de jogadores com os quais você pode ser pareado, diminuindo assim o tempo de espera. Por outro lado, se você desativar esse recurso, poderá ter tempos de espera mais longos, pois o sistema procurará jogadores que usem a mesma plataforma que você.

O papel do jogo cruzado na evolução dos videogames

Mas o que o cross-play significa exatamente para o futuro dos jogos? Para começar, maior acessibilidade. Acessibilidade no sentido de que as pessoas podem jogar com seus amigos, mesmo que tenham consoles diferentes. Ele elimina as barreiras e proporciona um senso de inclusão. 

Além disso, o cross-play também pode levar a um aumento na longevidade dos jogos. Já vimos isso. Jogos como Fortnite, Call of Duty e Rocket League viram sua popularidade disparar desde que ofereceram funcionalidades de jogo cruzado. Call of Duty: Warzone relatou um aumento de 30% na base de jogadores após a introdução do jogo cruzado Por quê? Porque é simplesmente mais divertido jogar quando se pode formar uma equipe com todos os seus amigos, independentemente do console que eles possuem. Em essência, o jogo cruzado pode potencialmente aumentar a vida útil e a popularidade geral dos jogos.

Outra implicação significativa do cross-play é vista no crescimento potencial do mercado de jogos. Mais interação significa mais envolvimento, o que se traduz em mais receita para os setores de jogos. À medida que os consoles começarem a perder suas linhas, também poderemos ver uma evolução na forma como compramos jogos e equipamentos de jogos. O foco pode mudar mais para a qualidade dos jogos do que para o console específico.

Inegavelmente, o cross-play está remodelando o cenário dos jogos. Rompendo barreiras, promovendo a união, aumentando a longevidade dos jogos, contribuindo para o crescimento do mercado e mudando o foco para a qualidade do jogo - a lista de benefícios continua. O jogo cruzado parece ser, de fato, a evolução dos jogos à prova de futuro que todos nós estávamos esperando. Prepare-se para abraçar essa mudança, pois essa é a direção que o mundo dos jogos está tomando, e será uma viagem emocionante!